Blog Bitcasino

Criptomoeda

O Criador do Bitcoin: 5 pessoas que poderão ser Satoshi Nakamoto

Categorias
O Criador do Bitcoin: 5 pessoas que poderão ser Satoshi Nakamoto

O Criador do Bitcoin: 5 pessoas que poderão ser Satoshi Nakamoto

Wed Oct 06 2021 05:26:00 GMT+0000 (Coordinated Universal Time)

Não há como negar que o Bitcoin é uma das maiores invenções na indústria financeira no virar do século. Redefiniu o setor financeiro como o conhecemos e introduziu a população a uma plataforma descentralizada onde se podem realizar transações de forma digital sem intermediários. É escusado mencionar que o Bitcoin se tornou a solução para os problemas com moedas FIAT. É rápido, mais barato e elimina a possibilidade de redobrar gastos.

Apesar de ser uma invenção revolucionária no mundo financeiro, o Bitcoin não ganhou tração imediatamente . Começou de forma pequena em 2009, mas na altura da escrita deste artigo, em Setembro de 2021, um único bitcoin tem um valor de €40.199,05.

Alguns países já começaram a aceitar Bitcoin no processamento de transações. De facto, o Bitcoin tem valor legal em El Salvador desde 7 de Setembro de 2021. O país tornou-se o primeiro a aceitar o Bitcoin uma moeda legal e até chegou a promover criptomoedas ao oferecer €30,00 em Bitcoin a todos os utilizadores que se registam na carteira digital nacional.

Quandose pensa sobre o quão o Bitcoin mudou o mundo e a indústria financeira, e ajudou a abrir caminho para uma nova geração de reais de criptomoedas, é impossível não ficar curioso sobre a identidade do génio por detrás desta tecnologia. Claro que toda a gente sabe que foi Satoshi Nakamoto o pioneiro da ideia das criptomoedas e tornou o Bitcoin possível. No entanto, a identidade por detrás do pseudónimo do criador do Bitcoin continua a ser desconhecida para o público.

Os utilizadores de criptomoedas especulam que Satoshi não estará só e que Satoshi Nakamoto é um nome criado por um grupo de pessoas que trabalhou no Bitcoin. Vamos investigar para descobrir quem ele (ou eles) pode ser.

História do Bitcoin e o mistério do seu criador

A história do Bitcoin começou pouco depois da crise financeira de 2008 onde foi provado que as moedas FIAT não conseguiam manter a economia à tona, especialmente com intermediários envolvidos.

A marca de um começo

O famoso livro branco intitulado “Bitcoin: um sistema de dinheiro eletrónico ponto-a-ponto” foi partilhado por Satoshi numa mailing list de criptografia em 31 de Outubro de 2008. Propunha o Bitcoin, a primeira criptomoeda do mundo que visa resolver as falhas do sistema financeiro tradicional ao combinar criptografia e tecnologia blockchain.

Através deste, tornou o processo de transações mais rápido, as trocas mais seguras e as taxas de câmbio mais baixas possível, tudo enquanto removia os terceiros da fotografia e mantinha a informação da transação intocável.

O primeiro elo da cadeia

Alguns dias depois da publicação do livro branco, o criador do Bitcoin registou o projeto numa plataforma de código aberto chamada SourceForge. Mais tarde, o bloco génese, que foi o primeiro bloco de Bitcoin, foi minerado a 3 de Janeiro de 2009. Estes tornaram-se os primeiros 50 Bitcoins minerados dos 21 milhões de Bitcoin cuja criação está planeada.

Dentro do bloco génese, Satoshi deixou uma mensagem em que se lia “ The Times 03/Jan/2009 O chanceler na iminência do segundo resgate para os bancos”. Isto rapidamente se tornou na manchete do The Times de Londres e muitas pessoas interpretaram-no como uma avaliação do estado atual do sistema económico, enquanto outros acreditam que era apenas uma marca temporal para Nakamoto.

A fazer história, uma transação de cada vez

A primeira transação feita com Bitcoin ocorreu a 12 de Janeiro de 2009, quando 10 BTC foram enviados para um programador chamado Hal Finney, especulado como sendo o criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto em pessoa. No entanto, isto mais tarde foi provado ser falso quando Finney postou, em Março de 2013 num fórum de Bitcoin chamado BitcoinTalk, que estava essencialmente paralisado e que não podia ser o Satoshi Nakamoto que as pessoas procuravam.

A despedida

Em 2013, Satoshi Nakamoto enviou uma mensagem de despedida para os seus colegas programadores a dizer “seguiu para outras coisas” e que deixou o futuro do Bitcoin “em boas mãos”. Desde aí nunca mais ninguém ouviu falar dele, como se tivesse simplesmente desaparecido.

Agora, poderá estar a pensar porque é que o criador do Bitcoin escondeu a sua identidade. Seria de esperar que alguém que criou uma tecnologia capaz de mudar o mundo andasse aí em público a contar às pessoas sobre a sua criação. Com Satoshi este não é o caso e poderá estar relacionado com a ideia base por detrás do Bitcoin.

Porque é que o criador do Bitcoin se escondeu por detrás de um pseudónimo?

A primeira frase escrita no livro branco do Bitcoin diz “Uma versão de dinheiro eletrónico puramente peer-to-peer permitiria que pagamentos online fossem enviados diretamente de uma parte para outra sem ter que usar uma instituição financeira”. Nesta frase, é claro que Satoshi Nakamoto quer que o Bitcoin seja um sistema de transações completamente descentralizado. Para que isto aconteça, não pode haver uma forma de autoridade central responsável por todo o sistema. Se as pessoas conseguirem identificar o criador do Bitcoin, irão olhar para ele como uma figura central das criptomoedas, derrotando o propósito da natureza descentralizada do Bitcoin. Nesta perspetiva, sair para garantir a descentralização do Bitcoin parece ser a razão mais plausível para Satoshi desaparecer.

É também especulado que Satoshi Nakamoto possa estar a provar a todos a segurança e anonimato do seu programa ao deixar apenas o seu endereço da primeira transação de Bitcoin, demonstrando o quão intocável pode ser ao usar Bitcoin.

A última razão pode ser que Satoshi Nakamoto tenha medo de enfrentar problemas com as autoridades já que pessoas que lidam com moedas tendem a ter confrontos com o governo. Isto não é limitado à manipulação de moedas emitidas pelo governo, já que nem as moedas digitais são poupadas! Um exemplo foi quando o governo federal norte-americano abriu um caso contra a e-Gold, uma empresa responsável pela venda de moedas digitais que podiam ser trocadas por ouro, em 2007.

JOGUE COM CRIPTOMOEDAS AGORA


A busca continua

O desaparecimento de Satoshi Nakamoto só tornou as pessoas mais curiosas e interessadas em descobrir a identidade do criador do Bitcoin. Até foram conduzidos estudos linguísticos e comportamentais para ajudar a identificar quem é Satoshi Nakamoto.

Estes estudos levaram a que acreditassem que Satoshi reside no Reino Unido, já que tende a usar mais inglês britânico do que inglês americano e é conhecido por utilizar frases tipicamente inglesas . Há também a forma distinta como utiliza um espaço duplo após cada ponto final. O padrão de publicação também sugeria que Satoshi Nakamoto vive no fuso horário Leste ou Central.

Um grupo ou uma pessoa?

Um investigador de segurança de computadores americano chamado Dan Kaminsky e Stuart Haber, o diretor da Associação Internacional para a Investigação Criptológica especulam que Satoshi Nakamoto não estará só e poderá estar a representar um grupo já que o seu nível de conhecimento em diversas áreas é fascinante, visto na forma como criaram o Bitcoin e o seu blockchain.

O trabalho e investigação de Haber sobre criptografia foram mencionados por Satoshi no seu livro técnico de nove páginas explicando como funciona o Bitcoin exatamente três vezes. Haber afirma que quem quer seja Satoshi, levaram tempo a ler os artigos e a combinar os conceitos da sua investigação.

Satoshi demonstrava dominar os ramos da economia, psicologia, engenharia informática e criptografia, o que explica porque é difícil acreditar que Satoshi Nakamoto estava só ao criar o projeto do Bitcoin. No entanto, há ainda a possibilidade que Nakamoto seja meramente um génio com conhecimento suficiente de todos as áreas mencionadas. Infelizmente, ninguém pode confirmar qual dos dois é verdade.

Desmascarando o criador do Bitcoin: quem poderá ser?

Se há algo mais controverso que a natureza descentralizada do Bitcoin, é a identidade do seu criador que desapareceu pouco depois de o ter criado. Existem inúmeras especulações sobre quem Satoshi Nakamoto possa ser. Dê uma olhadela no top 5 de pessoas que poderão ser o criador do Bitcoin em baixo:

Michael Clear

Michael Clear é uma das pessoas que levanta mais suspeitas no que toca ao tópico de quem poderá ser o criador do Bitcoin. Clear é um licenciado do Trinity College, em Dublin, com vinte e três anos. Aprendeu criptografia, programava desde os dez anos e conseguia usar uma variedade de linguagens de programação, incluindo C++, que é a linguagem do Bitcoin. Contudo, é uma pessoa extremamente reservada. Outros estudantes do Trinity College postavam fotos e informação pessoal na sua investigação, mas Clear listava apenas o seu endereço de e-mail.

Foi suspeito de ser Satoshi Nakamoto pela única razão de ter todas as qualidades do misterioso criador do Bitcoin. Em 2011, um jornalista com o nome de Joshua Davis estava a investigar as pessoas que poderiam ser Satoshi Nakamoto. Ele pensou que, uma vez que Satoshi demonstrava um grande conhecimento em criptografia, seria um dos participantes no maior evento de criptografia em 2011.

Davis investigou o passado dos participantes e descobriu apenas nove pessoas do Reino Unido e Irlanda, incluindo Michael Clear. Seis das pessoas desdenhavam o Bitcoin enquanto outros dois, para além de Clear, não tinham história com vastos projetos de software, deixando-o ser o único candidato possível para ser Satoshi Nakamoto.

É importante mencionar que Clear foi o melhor licenciado em engenharia informática do Trinity College em 2008. Em 2009, foi contratado pela Allied Irish Banks para melhorar o seu software de comércio de moedas. Juntamente com isto, co-escreveu artigos de investigação sobre tecnologia ponto-a-ponto.

Para os peritos a ler este artigo, é claro que Michael é um grande conhecedor de criptografia, redes peer-to-peer e economia. Para não mencionar que também usava inglês britânico nos seus artigos. Todas as qualidade parecem ligá-lo a Satoshi Nakamoto.

O génio ilusivo

Numa entrevista com Davis, Michael Clear admitiu que gostava de estar longe dos focos e que estava impressionado por ter sido descoberto. Davis falou então de como a investigação de Clear em tecnologia ponto-a-ponto o ajudou a ganhar uma perspetiva única do Bitcoin. Recusando os rodeios de Davis, Clear calou-o ao dizer que estava atualmente focado em encriptação homomórfica e que não seguia o Bitcoin ultimamente.

Uma vez que Clear estava a trabalhar para o Allied British Banks, foi-lhe questionado por Davis o que achava da crise económica, já que era especulado que o Bitcoin foi criado em resposta à crise. Clear respondeu que a crise poderia ter sido evitada. Quando perguntado se acha que o Bitcoin poderia prevenir crises bancárias futuras, Clear respondeu que o Bitcoin precisava mostrar primeiro o que vale.

Por fim, Davis perguntou a Clear se este era o criador do Bitcoin. Clear apenas riu mas não negou nada. No entanto, ofereceu-se para analisar o design do Bitcoin mas não pediu um link para o código, dizendo que o conseguia encontrar sozinho. Foi ele que apontou o dedo ao próximo possível candidato por detrás de Satoshi Nakamoto, Vili Lehdonvirta.

Vili Lehdonvirta

Professor finlandês no Instituto de Ciências de Informação de Helsínquia, Vili Lehdonvirta foi uma das primeiras pessoas que se especulava ser Satoshi Nakamoto, pelo menos de acordo com Michael Clear. Clear considerou Vili um candidato digno de ser Satoshi Nakamoto, dadas as suas capacidades em tecnologia da informação.

Joshua Davis, um jornalista no New Yorker, rapidamente aproveitou a oportunidade para entrevistar Vili Lehdonvirta na conferência Crypto 2011. Descobriu-se que Vili era um desenvolvedor de jogos que depois seguiu em frente para estudar moedas virtuais. O seu conhecimento em programação foi o que o colocou nesta lista.

No entanto, Vili negou a especulação a rir, dizendo que adorava reclamar a identidade de Satoshi por achar que o Bitcoin é uma ideia “inteligente”, mas não tinha as habilidades necessárias em criptografia e C++ para tornar o Bitcoin possível. Mencionou que para criar o Bitcoin era necessário ser um perito em criptografia, e ele não era um.

O uso preocupante do Bitcoin

Lehdonvirta estudou o Bitcoin como uma moeda virtual e expressou a sua preocupração sobre o Bitcoin poder ser possivelmente usado por criminosos já que as únicas pessoas que precisam de dinheiro em grandes quantias são aqueles que querem estar por debaixo do nariz do governo. Acrescentou que o Bitcoin removia os obstáculos que previnem o movimento e armazenamento de dinheiro e que permitia às pessoas preservar o anonimato do dinheiro.

Como parte do comité consultivo da Electronic Frontier Finland, Lehdonvirta disse que o Bitcoin levou a privacidade “demasiado longe” e mencionou que os únicos que desejam privacidade financeira absoluta e inquebrável são os anarquistas. Disse que é necessário haver um backdoor que permitiria às autoridades intervir se fosse preciso.

Lehdonvirta depois admitiu numa entrevista com Joshua Davis que parte do que atrai os utilizadores do Bitcoin era o passado mítico de Satoshi Nakamoto. Vili até sugeriu que poderia ser um truque de marketing.

JOGUE COM CRIPTOMOEDAS AGORA


Gavin Andresen

Quando Satoshi Nakamoto partiu em 2011, as rédeas foram entregues a Gavin Andresen, o que levou as pessoas a especular se Gavin seria o próprio Satoshi Nakamoto. Se são a mesma pessoa, seria uma boa forma de Satoshi afastar as atenções sem sair completamente do Bitcoin.

Evidências de um estudo estilométrico por Zy Crypto, um site de criptografia interativo, sugerem que o estilo de escrita de Gavin é o que mais se assemelha ao de Satoshi do que qualquer outro candidato.

A única coisa que remove as suspeitas de Gavin é o fato deste ter sido o primeiro a ser enganado quando Craig Wright anunciou ser o criador do Bitcoin, dizendo que a alegação de Wright era plausível. No entanto, isto pode ser apenas um truque para manter a distância entre ele e as especulações de Satoshi Nakamoto.

Hal Finney

Entre todos os candidatos que possam ser Satoshi Nakamoto, é Hal Finney o mais convincente. A razão para isto é porque foi o primeiro a responder ao anúncio do Bitcoin por Satoshi bem como a primeira pessoa envolvida numa transação de Bitcoin. Mais do que qualquer candidato, é o que mais sintetiza o Bitcoin.

Viu o potencial do Bitcoin quando ninguém mais o viu. Para acrescentar, o seu estilo de escrita assemelha-se ao de Nakamoto de acordo com Juola e Associados, um analista de texto internacional.

Um símbolo

Para fundamentar ainda mais as alegações, a habitação de Hal Finney foi identificada como estando a apenas dois quarteirões da casa de um homem japonês chamado Dorian Nakamoto, nascido como Satoshi Nakamoto. Enquanto alguns

To substantiate the claims even more, Hal Finney’s residence was identified to be only two blocks away from the house of a Japanese man named Dorian Nakamoto, who was born as Satoshi Nakamoto. Enquanto inicialmente se achava que Dorian era o criador do Bitcoin, as pessoas começaram a especular que Dorian poderia apenas ter influenciado o pseudónimo de Finney, já que a sua casa sofreu uma execução hipotecária por um banco. Ele ficou com o seu nome como um símbolo daqueles que foram vitimas do sistema financeiro tradicional.

Para explicar porquê que Dorian não poderia ser Satoshi Nakamoto, o próprio disse que nunca tinha ouvido falar do Bitcoin. Hal Finney também negou as alegações, no entanto continua-se a especular.

Nick Szabo

Quando pesquisa online sobre a identidade do criador do Bitcoin, o primeiro nome que verá será o de Nick Szabo. Foi suspeito de ser Satoshi devido aos seus semelhantes estilos de escrita. Além disso, Szabo criou o “Bit Gold”, um dos precursores mais próximos do Bitcoin. Em termos de habilidades, é altamente capaz, e o seu desenvolvimento do Bit Gold que o diga.

Foi também revelado que, em 2008, Szabo partilhou no seu blog que estava a planear criar uma versão ao vivo do Bit Gold. Uns meses depois de Szabo ter dito isto, o Bitcoin apareceu e conquistou o mundo. As publicações que Szabo postou em 2008 têm a marca de Satoshi Nakamoto, desde a preferência pelo inglês britânico até ao tom e gramática perfeita quase sem erros. No entanto, a maior prova é o facto de Satoshi Nakamoto não ter mencionado o trabalho de Szabo no Bit Gold.

Como pode ser, existem inúmeras pessoas que poderão ser Satoshi Nakamoto. Maioria dos mencionados negaram envolvimento com Satoshi, mas nunca poderemos estar seguros. Se Satoshi decidiu continuar anónimo, certamente não vai admitir a sua identidade quando perguntado. Tudo o que resta é especular e viver com o facto de a identidade de Satoshi Nakamoto será sempre um mistério.

Como provar a identidade do criador do Bitcoin

Há muitas pessoas que alegam ser Satoshi Nakamoto e ainda mais que se especula ser o criador do Bitcoin. No entanto, a menos que tenham os seguintes, estão todos numa espécie de situação do gato de Schrodinger onde ou são Satoshi ou apenas mais um que o alega ser.

Chave de acesso ao bloco génese

De acordo com Matthew Green, um criptógrafo da Universidade John Hopkins, uma das poucas formas para que um candidato possa provar a sua identidade como Satoshi Nakamoto é possui a chave de acesso ao primeiro bloco onde os 50 primeiros Bitcoins foram minerados.

A informação dos blocos é controlada por uma coleção de chaves privadas com códigos criptográficos que em teoria só o criador do Bitcoin terá. Se alguém que alegue ser Satoshi conseguir mover qualquer um dos 50 Bitcoins (que nunca foram transferidos) para outro endereço, será uma pista de que serão certamente os criadores do Bitcoin.

Transacionar do mesmo endereço

A primeira transação de criptomoedas na história ocorreu a 12 de Janeiro de 2009, quando Satoshi Nakamoto transferiu 10 BTC para Hal Finney. Se aqueles que alegam ser Satoshi conseguirem enviar Bitcoin utilizando o mesmo endereço que enviou os primeiros BTC, a identidade de Satoshi poderá ser provada, uma vez que a chave privada é única.

Factos engraçados do criador do Bitcoin

Não há muito que se saiba sobre o criador do Bitcoin, mas deixou algumas pistas que o poderão deixar a pensar. Veja os factos divertidos sobre Satoshi Nakamoto em baixo:

  • O endereço de Bitcoin de Satoshi Nakamoto (12cbQLTFMXRnSzktFkuoG3eHoMeFtpTu3S) foi extraído de quando ele fez a primeira transação para Hal Finney. Diz-se que qualquer pessoa cuja transação possa ser ligada a este endereço é o próprio Satoshi Nakamoto.
  • A mais pequena fração de Bitcoin é nomeada em homenagem a Satoshi Nakamoto. É chamada de Satoshi (sat) e tem um valor de 0,00000001 BTC ou cem milionésimos de um Bitcoin. O nome foi proposto em 2008 por um programador de Bitcoin intitulado de Reebok.
  • Sergio Demian Lerner, um programador que conhece o Bitcoin de trás para a frente, afirma que um utilizador que alegadamente é Satoshi Nakamoto só gastou 500 Bitcoins!
  • Em 2015 Satoshi Nakamoto foi nomeado para um prémio Nobel em Ciências Económicas por um professor de finanças da UCLA chamado Bhagwan Chowdhry.

JOGUE COM CRIPTOMOEDAS AGORA


Será que o mistério vai terminar?

Infelizmente nunca saberemos como é que este mistério vai terminar. Talvez Satoshi Nakamoto se revele, ou talvez não. O criador do Bitcoin pode estar à espera da oportunidade certa para se revelar, mas até lá, tudo o que nos resta é apreciar a obra que Satoshi Nakamoto criou e investir na indústria crescente das criptomoedas.

A decisão do criador do Bitcoin em levantar a máscara e revelar os seus segredos é inteiramente dele, mas ter-se escondido durante todo este tempo só nos leva a crer que tão cedo não sairá das sombras. Independentemente disto, deixaram para trás uma tecnologia revolucionária que moldou o mundo financeiro!

Texto de: Ana Gabrielle Gundran


Registe-se para jogar


Tire proveito das suas criptomoedas. Veja incríveis jogos blockchain, aqui no Bitcasino.

O Criador do Bitcoin: 5 pessoas que poderão ser Satoshi Nakamoto